O meu namorado não é vegan – Q&A // My boyfriend’s not vegan – Q&A

Esta é uma questão que para uns é impossível de acontecer e para outros, com respeito, é completamente fazível. Juntei várias perguntas que vocês fizeram para, de uma vez por todas, afirmar que sim, é possível um vegan e um omnívoro serem felizes juntos, desde que haja respeito

This is an issue that for some is impossible to happen and for others, with respect, it is completely possible. I’ve put together several questions you’ve asked to, once and for all, say that it is possible for a vegan and an omnivore to be happy together as long as there is respect!

1- Cozinhas para ele? // Do you cook for him?

Ainda não vivemos juntos, mas sim, já cozinhei para ele e ele adorou! 

We don’t live together (yet!), but yes, I’ve cooked for him and he loved it!

2- Sentes-te confortável a cozinhar carne ou optas por “impingir” algo vegan à sua alimentação? // Do you feel comfortable to cook meat for him or do you “force” him to eat vegan?

Não, cá em casa (ainda vivo com os pais) não entra carne e muito (mas muito) raramente entra peixe. Todos os que vêm cá sabem perfeitamente que a refeição será vegan. Não faria sentido eu comprar e promover a morte de animais para a minha casa 🙂

No, here at home (still living with my parents) does not enter meat and  (very) rarely enters fish. Everyone who comes here knows perfectly well that the meal will be vegan. It would not make sense for me to buy and promote the death of animals to my house 🙂

1ca3c188-b5dd-46b5-bf1b-5362e8199623
Receita // Recipe

3- Quando vão jantar fora os dois implicam com o que o outro vai comer? Já pensaste quando morarem juntos um dia, como será? // Do you imply with each other when you are going to dine out? Have you ever thought about living together one day, what will it be like?

Não implicamos. O que acontece é que muitas vezes relembro-o olha que isto faz isto à saúde ou lembra-te que poderias optar por x. Mas ele pode comer o que quiser, claro.

Quando vivermos juntos eu não vou comprar nem cozinhar animais. Caso ele sinta saudades de um prato com animal, ele próprio comprará e cozinha. Ele concordou 🙂

We do not. What happens is that I often remember him what this does to health or reminds him that he could opt for x. But he can eat whatever he wants, of course.

When we live together I will not buy or cook animals. If he misses a plate with animal, he will buy and cook himself. He agreed 🙂

4- Vocês têm picardias acerca da alimentação? // Do you have little “fights” about food?

Na realidade sou só eu que tenho ahaha. Muitas vezes para relembrá-lo a nível de saúde a asneirada que ele está a fazer. Mas ele já sabe tudo o que há para saber e felizmente, sabe fazer boas escolhas, por isso é pacífico. 

It’s really just me who has ahaha. Often to remind him the mess he is doing (regarding health). But he already knows everything there is to know and fortunately, he knows how to make good choices, so it is peaceful.

5- Já alguma vez tiveste uma “recaída”, olhares para o que ele está a comer e pedires um pouco? // Have you ever had a “relapse”, looks at what he is eating and ask for a little?

Não. Ao longo do tempo deixa-se de se ver um bife (por exemplo) como comida e vê-se um pedaço de um animal morto. Não querendo ofender ninguém, sempre que passo na zona do talho acontecem duas coisas: nojo e vontade de chorar. Por isso, a partir do momento em que sei se certo alimento contribuiu para o sofrimento de um ser que não teve qualquer tipo de escolha, nem se mete a questão de comer. 

No. Over time, you stop looking to a steak (for example) as food and start to see a piece of a dead animal. Not wanting to offend anyone, whenever I pass in the area of the butcher two things happen: disgust and desire to cry. Therefore, from the moment I know if a certain food has contributed to the suffering of a being who has not had any choice, there is no option to eat that food. 

6- Sem dúvida que existe respeito na vossa relação, mas costumam brincar com o assunto? // No doubt there is respect in your relationship, but do you usually play with the subject?

Claro, há que saber brincar com a situação. Tanto eu brinco com ele como ele brinca comigo. Mas é tudo muito descontraído e pacífico, o que interessa é haver partilha de conhecimento e saber como a realidade exactamente é. Depois cada um decide o que lhe faz mais sentido fazer. 

Of course, you have to know how to play with the situation. I play with him as much as he plays with me. But it’s all very relaxed and peaceful, what matters is sharing knowledge and knowing how exactly reality is. Then each one decides what makes more sense to do.

alex-iby-371384-unsplash

7- Como foi para ele a tua reeducação alimentar? // How was it for him your food reeducation?

A minha reeducação alimentar começou para controlar uma doença autoimune que tenho – a Fibromialgia. Ele acompanhou-me no auge da doença e viu (bastante surpreendido) como fui ganhando qualidade de vida e que a maior parte das vezes nem me lembro que a tenho. Por isso, sempre a apoiou. Claro que não me tornei logo vegan, foi um processo gradual e ele sempre percebeu as minhas razões embora não faça o mesmo. Ele respeita

My food re-education has started to control an autoimmune disease that I have – Fibromyalgia. He accompanied me at the peake of the disease and saw (quite surprised) how I was gaining quality of life and most of the time I do not even remember what I have. So he always supported it. Of course I did not become vegan soon, it was a gradual process and he always understood  my reasons even if he is not vegan. He respects it. 

8- O que te levou a seres vegan? // What led you to be vegan?

Como já disse na resposta anterior a reeducação alimentar começou para controlar a Fibromialgia. Inicialmente deixei de comer carne, lácteos (porque já era intolerante à lactose) e glúten. O problema é que quanto mais uma pessoa se informa, mais coisas se sabe, então deixei de comer peixe, moluscos e qualquer outro tipo de animal e por fim o ovo (mesmo que tivesse oportunidade de consumir biológicos). Portanto, começou para ganhar qualidade de vida e depois pelo ambiente e pelos animais, que são os que mais sofrem no meio disto tudo. 

As I said in the previous answer, my food reeducation began in order to control Fibromyalgia. Initially I stopped eating meat, dairy (because I was already lactose intolerant) and gluten. The problem is that the more a person is informed, the more things are known, so I stopped eating fish, molluscs and any other type of animal and finally the egg (even if I had the opportunity to consume biological ones). Therefore, I began to gain quality of life and then by the environment and the animals, which are the ones that suffer most in the middle of it all. 

tim-marshall-131065-unsplash

10- E o teu namorado não o é porque? O que ele acha disso? // Why is not your boyfriend vegan? What does he think about that?

Embora ele perceba todos os meus argumentos, e concordar com a maior parte deles, ele não retirou de vez com nenhum alimento. Ele reduz bastante certos alimentos, como os lácteos e a carne. Não, ele não é vegan, mas isso não significa que ele não se preocupa com os animais e com o ambiente, pelo contrário, ele tenta fazer o máximo possível para ajudar no que puder 🙂 

Although he realizes all my arguments, and agrees with most of them, he has not cut with certain food at all. He greatly reduces certain foods, such as dairy and meat. No, he’s not vegan, but that does not mean he does not care about animals and the environment, on the contrary, he tries to do everything possible to help in whatever he can 🙂

11- Já o tentaste “mudar” nesse aspeto? // Did you ever try to convert him?

Já, claro. Qualquer vegan iniciante tem aquela vontade de mudar meio mundo, porque é importante cuidarmos do único planete que temos, porque os animais sofrem de uma maneira que muitos não sabem, enfim. Mas depois percebemos que apenas podemos dar as informações, que a ação tem de vir das pessoas, tem de ser uma coisa que elas queiram realmente, senão, transforma-se numa moda que não será seguida por muito tempo. 

Yes, of course. A vegan starter has that will to change the environment, because it is important to take care of the only planet that we have, because the animals suffer in a way that many do not know, oh well. But then we realize that we can only give information, that an action has to come from people, it has to be something that is really wanted, otherwise it becomes a trens that will not last for a long time.

12- Que hábitos alimentares conseguiste mudar na alimentação do teu namorado? // What eating habits did you change in your boyfriend’s diet?

Consegui que reduzisse bastante a carne, os lácteos e o açúcar. Os ovos que ele consome são caseiros (da casa dele), a proteína que ele consome nos batidos é de origem vegetal e o leite também. Ele também descobrir os queijos vegan e adorou!

I managed to reduce meat, dairy products and sugar. The eggs that he consumes are biological (from his house), the protein he consumes in shakes is plantbased and milk as well. He also discovered the vegan cheeses and loved it!

13- Fazes questão de explicar porque escolheste certos tipos de comida e o quão saudável pode ser e saber a opinião de ambos? // Do you insist on explaining why you chose certain types of food and how healthy it can be and know each other’s opinion?

Sim! Essa é das coisas mais importantes que um vegan tem/pode fazer: informar, dar bases, explicar o porquê, que opções existem, quais as mais saudáveis tanto para nós como para o planeta. A maior parte das vezes ele concorda e quer saber mais sobre o assunto, outras, como a carne por exemplo, considera que poderemos apenas reduzir e que isso já causará bastante impacto (o que é verdade). 

Yes! This is one of the most important things a vegan has/can do: inform, explain why, what options exist, which are the healthiest for both us and the planet. Most of the time he agrees and wants to know more about it, others, such as meat, for example, consider that we can only reduce and that this will already have a lot of impact (which is true).

14- Quando te tornaste vegan, houve algum alimento/prato que te tenha custado deixar de comer? Há algum prato vegan que o teu namorado aprecie comer? // When did you become vegan, was there any food/dish that cost you not to eat? Is there any vegan dish that your boyfriend enjoys eating?

Ai alguns, sim! Tenho uma saudade enorme de comer rissóis e ainda não consegui descobrir nenhuma receita (decente) de rissóis sem glúten! Não sinto saudades de um prato específico com animais, sinto saudades de poder comer algo semelhante, por exemplo, uma pizza bem recheada de queijo (só que vegan), tal como as do shopping! Qualquer prato dá para veganizar, é preciso é experimentar!

Todos os pratos que se fez cá em casa ele gostou, excepto algumas sobremesas! Ele experimenta tudo e é bastante fácil de agradar ahaha.

Some, yes! I have a huge nostalgia for eating patties and I still can not figure out any (decent) recipe for gluten-free patties! I do not miss a specific dish with animals, I miss being able to eat something similar, for example, a pizza well stuffed with cheese (vegan), just like the ones in the mall! Any dish is possible to veganize, you must try it!

All the dishes we made here at home he liked, except a few desserts! He tries everything and he is quite easy to please ahaha.

15- Se constituírem família como vão educar os filhos? Como é que a família dele reage nos jantares/almoços de família? // How are you going to raise your children? (If you’re going to have children) How does his family react to family dinners / lunches?

Esta é das mais difíceis. Estivemos a falar e chegámos a um acordo. Nos primeiros tempos óbvio que não lhe vou dar nada que sei que lhe fará mal como os lácteos e açúcar (são o pior veneno). Assim que for crescendo vamos explicando as coisas e “ele” decide o que quer fazer com essa informação, ou seja, em casa come o que há e quando sair com os amigos ou for a festas de anos, faz as escolhas “dele”. Penso que esta seja a opção mais justa para os dois lados. 

Quanto à família dele foi tudo muito pacífico também porque sabem que foi maioritariamente (no ínicio) por causa da doença. Sempre que lá vou fazem questão de fazer uma receita do meu blog para eu comer 🙂 E elas adoram este tipo de pratos!

This is one of the most difficult. We’ve been talking and we’ve reached an agreement. In the early times obviously that I will not give “him” anything I know it will hurt like dairy and sugar (they are the worst poison). As “he” grows up we explain things and “he” decides what “he” wants to do with that information, that is, at home “he” eats what we serve and when “he” goes out with his friends or goes to a birthday party, “he” makes his choices. I think this is the fairer choice for both sides.

Regarding his family it was all very peaceful because they know that it was mostly (in the beginning) because of my disease. Whenever I go there they make sure to make a recipe from my blog for me to eat 🙂 And they love these kind of dishes!

kate-krivanec-212734-unsplash

 

 

Advertisements

29 thoughts on “O meu namorado não é vegan – Q&A // My boyfriend’s not vegan – Q&A

  1. gostei de todas as perguntas e respostas 🙂 o teres feito reduzir na alimentação da carne já foi bom. É como nós cá em casa! ainda não conseguimos deixar de comer carne, mas optamos por reduzir, por ex: o que para muita gente é 65%carne e o restante massa/arroz ou batata, a nós é o contrário!

    Liked by 1 person

  2. Somos um pouco idênticas 🙂 Eu já vivo com o namorado a 1 ano, mas só recentemente é que tornei vegetariana e ele aceitou muito bem (porque já queria o ser, mas quando vivia com os meus pais, era muito complicado), anyways.. desde que tornei, eu cozinho para ele na boa, e também nunca tive uma recaída.. Ele até começa inconscientemente a comer mais verduras por causa de mim.. Ele tem sempre curiosidade nos meus pratos.. E acaba por provar.
    A minha família custou a compreender (principalmente a minha mãe), mas já aceita! Assim como a família dele, não entende muito bem, mas aceita. É somente uma questão de respeito, e tudo se resolve. Somos felizes e isso é que importa! Beijinho Grande*

    Liked by 1 person

  3. Adorei Adorei Adorei!
    Um post bastante elucidativo. Apesar de não ser vegan já começo também a substituir algumas coisas e a quebrar mitos. Tento procurar nas zonas biológicas coisas mais saudáveis tipo bolachas com menos gordura, os tais hamburgueres de soja.
    Já me questionei o que leva as pessoas a irem às cadeias de fast food, é bem melhor comprar um hamburguer saudável e comer em casa do que aquela alta dose de calorias.
    Beijinhos, continua a inspirar-nos!

    Liked by 1 person

  4. Adorei todas as respostas! Ainda no outro dia perguntei ao namorado se poderíamos experimentarmos ser vegan’s ou até vegetarianos e ele olhou-me como se eu estivesse a endoidecer. Disse me logo que não ia deixar de comer carne. Acho que não há hipótese. Embora, esteja numa reeducação alimentar e quero muito poder deixar o glúten, o açúcar e a lactose (pois sou alérgica ao glúten e à lactose). Adorei as respostas querida! Beijinhos

    http://www.carolinafranco.pt

    Liked by 1 person

  5. Quando conheci o meu marido, ele não já não comia carne e eu fui deixando também. Já passaram quase 6 anos e agora nenhum dos dois come carne ou peixe. Aos poucos vamos sincronizando mas, de facto, o essencial é mesmo o respeito! Bravo!

    Liked by 1 person

  6. És magnifica Sarita! as picardiass eheh acho que fazes muito bem, eu não sou vegetariana mas carne quase não como e ao almoço só legumes e sinto-me muito bem 🙂
    Beijinhos*

    Liked by 1 person

  7. Adorei as perguntas e respostas e principalmente o tema do post! Não sou vegetariana nem vegan, bem pelo contrário e tenho perfeita noção que apenas sou “omnívora” porque consigo fechar os olhos à ligação entre comida e animais, ainda que às vezes o faça com esforço e conscientemente. É um assunto com o qual tenho muitos problemas e que penso muitas vezes.
    Já houve uma altura da minha vida em que não comprava carne e por isso mesmo não a cozinhava, só comia fora de casa praticamente e a verdade é que meses depois tinha nojo de tocar em carne, impressionava-me imenso. Mas para o meu namorado, que é do Norte, carne é tudo e na opinião dele “refeição sem carne não alimenta”. Adorava poder dizer, como tu, que o consigo fazer mudar de ideias e minimizar isso mas acaba por acontecer mais o contrário, acabo eu por ir atrás e “fechar os olhos à situação”…
    Um dia, hei de ter a força! Um beijooo

    joanalino.com

    Liked by 1 person

    1. Primeiro que tudo, obrigada pelo comentário, é tão bom! 🙂 Ainda bem que gostaste, fico muito contente. Quanto ao tema da carne, só vais conseguir mudar as ideias de outras pessoas se tu realmente acreditares no que estás a dizer! (sem críticas). Quando estiveres preparada deixas de comer carne, não vale a pena forçar, mas irias ver que te sentirias muito melhor! Deixar de comer carne (ao contrário do que se pensa) dá-nos energia!

      Um grande beijinho*

      Like

  8. O respeito é mesmo a base de tudo. Quando as pessoas se sabem ouvir e respeitam as decisões do outro, torna-se muito mais fácil!
    Gostei imenso de ler esta publicação. Obrigada por teres respondido às minhas questões 🙂 se souber de alguma receita de rissóis decente venho partilhar contigo

    Beijinhos*

    Liked by 1 person

  9. É fantástico quando existe respeito e amizade. A minha irmã também é vegetariana e o namorido não, aliás ele às vezes caçava, mas com o tempo foi apercebendo da realidade e mudou a sua alimentação.
    Na minha opinião uma pessoa vegetariana e uma omnívora conseguem ter uma relação, mas é preciso existir respeito 😀 Acredito que na vossa relação a alimentação nunca será um problema (e também estou convencida que ele quase se tornará vegetariano ahaha)

    Beijinhos

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s