Entrevista a: Maria do Mar

Olá a todos! Aqui está a segunda entrevista! Apresento-vos a Tânia Lopes do blog A Maria do Mar! Desta vez temos uma mulher com um mega sorriso e cheia de estilo (vejam o Instagram dela!). Tal como na entrevista anterior, esta vegetariana vai responder-me a algumas perguntas! 🙂 

Tânia, há quanto tempo és vegetariana e em que se baseia a tua alimentação?

Sou vegetariana há pouco tempo, 3/4 meses. Porém, já não como carne há mais de um ano. No que diz respeito à minha alimentação, esta baseia-se muito em vegetais, leguminosas, leites vegetais, fruta, e alguns suplementos. Também consumo seitan, tofu e soja mas com pouca frequência.

Porque é que te tornaste vegetariana? Apoiaram-te?

Tornei-me vegetariana por 3 motivos: pelos animais, pela minha saúde e pela mãe natureza. No entanto, não foi uma transição rápida, deixei de comer carne de porco há 5 anos e, a minha família não viu com muito bons olhos. Ainda assim, fui continuando a reduzir o consume de animais aos poucos e poucos até me tornar vegetariana. No entanto, não tive grande apoio, na realidade ainda olham para mim como se fosse um E.T a comer (risos) mas com o tempo vão lá.

cccc
Imagem retirada de: https://www.instagram.com/taniamlopes_/

Ao tornares-te vegetariana que diferenças sentiste a nível psicológico? Passaste a ver o mundo de forma diferente?

Sinto um alívio e orgulho por ter deixado de compactuar com esta indústria e a ver a sociedade com outros olhos. Porém, tento sempre ir falando de alguns assuntos de forma pacífica para ir “abrindo” os olhos das pessoas que estão ao meu redor (até agora sem grande efeito).

Foi-te difícil a transição? Ainda consomes alimentos que gostarias de deixar de consumir?

Em alguns aspectos sim. No início foi difícil lidar com o cheiro das comidas que comi toda a vida, mas depois lembrava-me de tudo o que vi em documentários, fotos, testemunhos e dava-me força para “resistir”. Porém, eu sou ovolactariana e ainda consumo produtos de origem animais, mais concretamente: queijo e ovos (caseiros). No entanto, adorava conseguir deixar de consumir este dois alimentos mas, é algo extremamente difícil para mim, neste momento, quem sabe um dia.

nbhuik
Imagem retirada de: https://www.instagram.com/taniamlopes_/

Alguma vez tiveste vontade de comer alguma coisa não vegetariana? Se sim, o quê?

No início tinha muito mais vontade do que hoje em dia. Mas o que me dava mais vontade de comer era: pão com chouriço acabado de sair do forno a lenha, enchidos, panados e sushi.

Qual o teu prato preferido?

Pergunta difícil… talvez lasanha de legumes ou de soja.

Qual a maior dificuldade que tens quando cozinhas pratos vegetarianos?

Não sinto grande dificuldade. Na verdade, cozinho de igual forma, tiro apenas a carne e peixe e substituo por outro tipo de alimento. Hoje em dia, é super fácil de aceder a receitas vegetarianas e com a quantidade de grupos que existe no facebook com partilha de experiências e receitas, tornou-se ainda mais fácil de cativar outras pessoas a provar a minha comida.

Para acabar, que mensagem gostarias de deixar sobre o vegetarianismo?

A sociedade está a mudar, as mentalidades estão mais abertas e, aos poucos e poucos a comunidade vegetariana está a aumentar. No entanto, aconselho sempre a transição de acordo com as necessidades do vosso corpo, nem todas as pessoas conseguem deixar tudo de uma vez, o que importa é conseguirem por vocês, pelos animais e pela casa onde todos nós moramos: o planeta terra.

Muito obrigada!

Obrigada eu, foi um prazer Sara.

Um beijinho,

A Maria do Mar

Curioso(a)s?

Blog: https://amaria-do-mar.blogspot.pt/

Facebook: https://www.facebook.com/A-Maria-Do-Mar-1576007249123631/

Instagram: https://www.instagram.com/taniamlopes_/

Capturar

Advertisements

39 thoughts on “Entrevista a: Maria do Mar

  1. Gostei da entrevista e lembrei-me da conversa que eu e o João tivemos com o meu sogro no sábado! Ele trabalha na lactogal, empresa dos leites, queijos e manteigas…Ao que parece a mesma está a ter uma quebra nas vendas…o que é normal. A cada dia que passa, uma pessoa passa a ser vegan, deixa de consumir qualquer produto de origem animal…e isso é bom! eu ainda não o fiz, mas como sabes, tenho vindo a cortar imenso no consumo da carne e não tenho sentido falta nenhhuma

    Liked by 1 person

    1. Infelizmente esta transformação afeta esse tipo de empresas, mas tudo tem um lado bom. Essas mesmas empresas podem adaptar-se e passar a produzir produtos vegan 🙂 Fazes muito bem, não só pelos animais, mas por ti também! 🙂 Um beijinho*

      Like

  2. Adorei a entrevista. Preciso de retirar o glúten e a lactose da minha alimentação mas não deixaria de comer carne. Virar vegetariana, para mim está fora de questão mas compreendo quem o seja. Beijinhos

    Like

  3. Vi logo que era a “maria do mar” quando publicaste aquele post no facebook ahaha
    Só descobri à pouco tempo que ela era vegetariana e fiquei tão contente! Excelente entrevista ❤

    Beijinhos

    Liked by 1 person

  4. Sinceramente ainda não sinto que tenha esse impulso de mudança. Cá em casa não comemos muita carne e de porco muito menos. Leite é maioritariamente vegetal. Evitamos lacticínios e alimentos com glúten. E já isso tem dado água pela barba junto da família. Engraçado que os amigos têm-se adaptado melhor às nossas opções. Gostei de conhecer a Tânia e o seu percurso.

    Liked by 1 person

  5. Já por várias vezes me debati sobre o assunto e já vi algumas pessoas passarem pelo processo de se tornarem vegetarianas, mas nunca existiu assim aquele clique. Também acho que enquanto morar em casa dos pais, mesmo que seja só quando não tenho aulas, se torna complicado, pois há sempre alguém que torce o nariz a essa ideia e lá por aqueles lados é a moda do ‘todos comem o mesmo, não há pratos diferentes’.
    Beijinhos,

    A Maiazita

    Liked by 1 person

  6. Nunca vou perceber porque é que as pessoas “não olham com bons olhos” para uma decisão destas. A única coisa que sinto é admiração, e penso no quanto “eu é que estou a falhar ao nosso planeta”. Um beijinho para as duas 💚

    Liked by 1 person

    1. Isso de ser mais caro é uma ilusão 🙂 Comer vegetais não sai mais caro que comer carne e prontos com carne. Obviamente que se comprar aqueles produtos já congelados e afins, aí sim, sairá mais caro 🙂

      Like

  7. Gostei da entrevista.
    Mas Ao teu comentário, tenho que concordar, as coisas são bem mais caras, os próprios vegetais são mais caros que a carne, eu estou a tentar comer mais vegetais e não comer tanta carne, mas custa largar tanto dinheiro.
    Fora que, também queria comprar coisas vegan, mas desisti. Não consigo dar 5€ por exemplo por um frasco de chilli vegan, e é optimoooo!

    Beijinhos
    http://www.pirilamposemarte.com

    Liked by 1 person

    1. Eu não sei onde compras os legumes para serem mais caros que carne ahaha. O exemplo do chilli era do que falava: comprar coisas feitas sai caro, comprar alimentos e prepará-los não 😊 Se pensares bem, ao deixares de comer carne e peixe deixas de comer muita coisa, como fiambre e semelhantes, douradinhos e afins… O que não gastas nestas coisas compensa completamente com o valor de legumes e coisas mais básicas. Pesquisa sobre o assunto, não sei mesma nada mais caro 😊

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s